Com mistura de ritmos, primeira noite do Festival Edésio Santos encanta público em Juazeiro

Por EmPauta.net 16/12/2022 - 14:00 hs
Foto: João Pedro Soares/PMJ

Teve samba, forró, baião e MPB. Com essa gostosa mistura de ritmos, a primeira noite do Festival Edésio Santos da Canção encantou e empolgou o público  presente.  A abertura oficial do evento, promovido pela Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes, na Orla II da cidade, nesta quinta-feira (15), mostrou que os jurados têm um árduo trabalho pela frente, pois as canções estão em um nível altíssimo.

Aos 78 anos, Zé Renato Filho, de Olinda-PE, participou pela primeira vez do festival, com a música, ‘Doida Amada’ de sua autoria junto aos parceiros Sérgio Bittencourt e Givandro Filho. Ele se encantou com Juazeiro e ressaltou o quanto os festivais são importantes para a manutenção da cultura musical. “Eu estou encantado com Juazeiro, fiquei apaixonado pelas pessoas extraordinárias. E o Festival permite que os artistas possam ter a oportunidade de mostrar seu trabalho e  ser conhecidos nacional e até mesmo internacionalmente, a exemplo de João Gilberto, filho da terra”, disse.


Quem também destacou a alegria de participar do Festival Edésio Santos foi o soteropolitano Zéu Lobo. Com a música ‘Simples Cidade’, uma parceria dele e de Beto Rebelde, o artista misturou elementos de baião, batida indiana e rock. “É uma canção experimental, que traz diversos ritmos, onde é mais forte o baião, tão presente em nossa cultura nordestina. Estou muito feliz de estar aqui e a cada apresentação é uma emoção nova, como se fosse a primeira vez”, afirmou o artista.  

Representando a prefeita Suzana Ramos, o secretário de Cultura, Turismo e Esportes, Sérgio Fernandes, falou sobre a alegria de ver as apresentações dos artistas e a participação do público porque Juazeiro é um berço da cultura. Tenho certeza que vai ser um sucesso, como tem sido desde o início com a quantidade de inscrições. Isso mostra também que a turma está com vontade de cantar e nós estamos aqui para prestigiar”, ressaltou Sérgio.


Finalizando a noite, a cantora Andrezza Santos fez um belíssimo show com diversas participações especiais a exemplo de Mauriçola. A artista, que em 2018 recebeu 3 prêmios do Festival Edésio Santos, levou animação e diversidade de ritmos ao palco, além de homenagens. “Vou mostrar, neste show, músicas autorais, canções do meu segundo álbum, Eutrópica, e também homenagear artistas que nos deixaram recentemente, como Galvão e Gal Costa, além de sempre homenagear Manuca Almeida, esse grande artista que abriu portas pra mim aqui no Vale do São Francisco. Eu agradeço muito à Prefeitura de Juazeiro pelo reconhecimento e convite de participar desse festival que tem um lugar de muito afeto em minha carreira”, salientou Andrezza.